URGENTE

Tentativa de Feminicidio

RIO BRILHANTE: Mulher é mantida em cárcere várias horas, amarrada e agredida com pauladas e facadas 

A polícia apurou até o momento que a mulher começou a ser agrida na noite de ontem (8) e foi torturada durante toda a madrugada até a manhã de hoje (9) por volta das 10h quando foi resgatada pela Polícia Militar e corpo de bombeiros.

Publicados
















Viatura da polícia civil em frente o imóvel onde a mulher era mantida em cárcere privado

Mais um caso de violência contra a foi registrado na delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante. Por volta das 10h desta quarta feira (9) um dia depois do dia internacional da Mulher, a vítima foi mantida em cárcere por várias horas onde foi agrida com pauladas e facadas pelo corpo.

Informações apuradas pela nossa reportagem é de que uma denuncia anônima levou policiais militares até uma residência na travessa Delfino Chaves, bairro vila Nova Esperança onde a mulher de 56 anos foi encontrada desacordada em cima de um colchão com várias lesões pelo corpo. O suspeito, companheiro da vítima, identificado como Diego Cristiano Taborda (33) estava na casa e foi preso em flagrante.

A polícia apurou até o momento que a mulher começou a ser agrida na noite de ontem (8) e foi torturada durante toda a madrugada até a manhã de hoje (9) por volta das 10h quando foi resgatada pela Polícia Militar e corpo de bombeiros.

Diego teria se utilizado de linha de crochê pra amarrar a mulher em uma cadeira onde começou a seção de tortura com estocadas de faça e pauladas principalmente na face. Ao ser encontrada pela polícia a vítima estava semi-nua sem vestimenta na parte de baixo do corpo.

Leia Também:  RIO BRILHANTE: Mais de 100 mts de cabos de fiação são furtados em associação maçônica

Alem do casal estava na residência o pai do suspeito que confirmou as agressões praticadas pelo filho e a madrasta de 62 anos que também teria sido ameaçada e agredida per Diego.

A mulher foi socorrida inconsciente pelo corpo de bombeiros até o hospital de Rio Brilhante, de onde no início da tarde foi transferida para um hospital de Dourados para exames mais apurados, pois há suspeita de traumatismo craniano devido as agressões.

De acordo com o delegado Alexandre Neves, o suspeito, está sendo autuado por sequestro e cárcere privado, lesão corporal dolosa, tortura e tentativa de feminicidio. Um pedaço de pau duas faca e uma linha usadas nas agressões foram apreendidas.

Estamos aguardando novas informações sobre o caso que deve ser repassadas pelo delegado nesta quinta-feira, pois diligências ainda estão sendo feitas.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MAIS LIDAS DA SEMANA