URGENTE

Mulher é vítima de roubo e tentativa de estupro no centro de Rio Brilhante, autor é conhecido como Queimadinho

Publicados
















A vitima saiu correndo e chorando muito, momento este que um casal de carro parou e prestou socorro a mulher vitima do assalto e tentativa de estrupo.

Por: Maikon Junior / Foto: Olimar Gamarra

13900705_788051384667849_1478674755_n

Homem de 25 anos conhecido em Rio Brilhante como “queimadinho” foi preso depois de roubar e tentar estuprar uma mulher de 24 anos na madrugada de hoje, no centro de Rio Brilhante o fato aconteceu nos cruzamentos das Ruas Maria de jesus Cerveira esquina com Athaide Nogueira.

De acordo com boletim de ocorrência, vítima informou que faz faculdade em Dourados e havia acabado de descer do ônibus na praça central e seguia para casa, quando o suspeito se aproximou, a jogou no chão e colocou um canivete em seu pescoço, foi ai que a vitima reconheceu o autor. Paulo Henrique Gonçalves dos Santos, Vulgo “Queimadinho”de 25 anos.

Apertando o canivete no pescoço da mulher, Paulo abriu a calça da vitima e tentou abaixar a peça, mas não conseguiu. Neste momento, a vitima disse ao Queimadinho que estava passando mal e pediu para se sentar, momento em que ela foi mais próximo a luz, ela informou que tinha dinheiro e passou R$ 200 para o suspeito, que fugiu e a mandou não olhar para trás, em todo o momento ele dizia que se ela reagisse ele a mataria.

Leia Também:  Identificado vendedor ambulante pernambucano executado na fronteira

A vitima saiu correndo e chorando muito, momento este que um casal de carro parou e prestou socorro a mulher vitima do assalto e tentativa de estrupo. Queimadinho foi localizado pela policia militar na Rua Antonio Lino Barbosa próximo ao bar arapongas, em seu bolso foi encontrado uma nota de R$ 50,00 e um espelho medindo 10X2 cm.

Sendo assim o autor foi encaminhado pela policia militar a delegacia de policia civil onde foi autuado em flagrante.

13900705_788051384667849_1478674755_n

Paulo Henrique vulgo queimadinho preso em flagrante / Foto Olimar Gamarra

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

MAIS LIDAS DA SEMANA