URGENTE

Polícia Militar salvando Vidas

Polícia Militar evita que mulher cometa suicídio em Rio Brilhante

Uma ambulância foi acionada e um dos policiais, Cabo Albernaz, acompanhou a mulher dentro do carro de socorro até o hospital. Para sua segurança e também da mulher, nesse trajeto o policial passou sua arma de fogo para um colega, pois ela havia tentado sacar a arma dos militares.

Publicados
















Foto divulgação PM RB

Uma ocorrência extremamente delicada e que envolveu muita pericia e agilidade foi atendida por policiais militares de Rio Brilhante na noite deste domingo (20) na Av Prefeito Theofanes próximo ao posto Carazinho

A princípio os policiais foram acionados por volta das 23h para atender uma suposta briga entre familiares na residência e que uma mulher de 54 anos estaria com uma faca, porém ao chegarem os militares perceberam que a casa estava em silêncio e aparentemente tudo calmo.

Em certo momento um garoto foi correndo até os policiais é disse que sua avó que faz uso de medicamentos controlados havia se trancado em um dos quartos com a faca em mãos dizendo que iria se matar caso familiares se aproximassem.

Na sequência chega ao local uma filha da mulher confirmando que sua mãe enfrenta um quadro grave de depressão e já dava sinais de suicídio. No desenrolar da situação enquato o Sargento Ale conversava com a filha, o Cabo Wolff subiu no muro e visualizou a mulher na varanda da casa já com uma corda amarrada ao pescoço pronta para a morte. Imediatamente os demais policiais, Cabo Albernaz e soldado Vinicius também foram alertados da real situação.

Leia Também:  Série de flagrantes revela Rio Brilhante município da Grande Dourados como conexão do tráfico para o Brasil

Tomando ciência da gravidade do caso e que salvar a vida da mulher seria o mais importante no momento um diálogo começou com orientações sendo dadas pelo Sargento Ale a cada policial para que ela fosse convencida a não tirar a própria vida. Foi orientado pelos policiais que familiares não se aproximassem do local para não atrapalhar o diálogo que estava sendo estabelecido pelo Cabo Wolff com a mulher.

Em determinado momento os policiais, Cabo Albernaz e soldado Vinicius conseguiram entrar no imóvel e chegaram até a varanda sem que a mulher percebesse e imediatamente retiraram a corda do pescoço da mesma e a imobilizaram.

Uma ambulância foi acionada e um dos policiais, Cabo Albernaz, acompanhou a mulher dentro do carro de socorro até o hospital. Para sua segurança e também da mulher, nesse trajeto o policial passou sua arma de fogo para um colega, pois ela havia tentado sacar a arma dos militares.

No hospital local a mulher foi medicada e acalmada. Os policiais permaneceram no local até a chegada da filha.

A faca e uma corda foram encaminhados para delegacia de Polícia Civil juntamente com a ocorrência de suicídio tentado.

Leia Também:  Polícia Civil de Rio Brilhante prende suspeito de estupro e de extorsões em série

Não é a primeira vez que policiais militares de Rio Brilhante agem dessa forma para salvar vidas de pessoas que estão prestes a cometer o ato de suicídio. Uma situação que requer habilidade, calma e ao mesmo tempo tomada decisão extremamente rápida pois deve-se reverter a situação e colocar a pessoa em segurança o mais breve possível.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MAIS LIDAS DA SEMANA