URGENTE

Suicídio será investigado pela Policia

Taxista é encontrado morto enforcado em mata em Rio Brilhante

O homem chegou a perguntar o valor da corrida até o trevo que liga Laguna Carapã e Dourados, na rodovia BR-463, porém, num primeiro momento, agradeceu o serviço. Uma hora depois, o homem, de aproximadamente 30 anos, retornou solicitando a corrida.
Ao taxista, o suspeito afirmou que, antes de seguir ao destino, teria de passar em endereço para buscar a esposa, mas quem estava no local era seu comparsa.

Publicados
















Foto Arquivo Site Rio Brilhante em Tempo Real / Olimar Gamarra
Um homem de 50 anos foi encontrado morto pelo filho no início da tarde deste domingo (13) em uma área de mata no assentamento São Judas Tadeu (tabuinha) em Rio Brilhante onde Antônio morava. De acordo com a Polícia o homem estava pendurado por uma corda em uma árvore.
Segundo a ocorrência, o filho do taxista saiu a procura do pai depois de encontrar uma carta de despedida. Por volta das 14h de hoje o corpo foi localizado na mata.
Uma equipe da Polícia Militar de Rio Brilhante esteve no local bem como a Polícia Civil realizando levantamentos em seguida o corpo de Antônio foi liberado para empresa funerária para ser removido ao IML de Dourados e depois levado para a cidade de Fátima do Sul. A carta foi recolhida pela Polícia para averiguação.
VÍTIMA DE ASSALTO.
No último dia 5 o taxista foi vítima de assaltantes em Dourados. De acordo com o que foi divulgado pelo Campo Grande News, ele denunciou ter ficado por quase 10 horas sob o poder de bandidos durante roubo a veículo. Segundo contou à polícia, neste período, o homem chegou a ser mantido no porta-malas do carro, junto de um dos autores, e foi obrigado por suspeitos a ingerir 2 litros de cachaça.
Conforme boletim de ocorrência, a vítima estava parada em frente à escola localizada na Rua Hayel Bon Faker, no Jardim Rasslem, quando foi abordada por um dos suspeitos às 6h30 da manhã do dia 05.
O homem chegou a perguntar o valor da corrida até o trevo que liga Laguna Carapã e Dourados, na rodovia BR-463, porém, num primeiro momento, agradeceu o serviço. Uma hora depois, o homem, de aproximadamente 30 anos, retornou solicitando a corrida.
Ao taxista, o suspeito afirmou que, antes de seguir ao destino, teria de passar em endereço para buscar a esposa, mas quem estava no local era seu comparsa. Armados, os homens anunciaram assalto e obrigaram a vítima descer do carro e entrar no bagageiro, junto com um dos suspeitos.
Ainda conforme o site, outro autor guiou o veículo até o distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã. No local, os suspeitos pararam próximo a posto de combustíveis abandonado, onde ordenaram que a vitima entrasse no porta-malas de outro veículo.
Somente por volta das 17h é que a vítima foi abandonada pelos suspeitos, próximo ao trevo que seria o destino inicial do suspeito. No local, outras duas pessoas aguardavam e obrigaram o taxista a tomar dois litros de cachaça, segundo consta no boletim de ocorrência. Meia hora depois, equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) passou pelo local e encaminhou a vítima ao posto policial, logo depois para sua residência.
Até o momento, o veículo não foi encontrado, assim como suspeitos não foram localizados.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  RIO BRILHANTE: Com ajuda de vizinhos, morador segura ladrão flagrado arrombando casa
Propaganda

MAIS LIDAS DA SEMANA