URGENTE

Pré candidato

“Meu palanque é do presidente Bolsonaro”, diz pré-candidato ao Governo Eduardo Riedel

“Nosso palanque é centro direita, presidente Jair Bolsonaro”, disse na manhã desta quarta-feira em entrevista ao Dourados News.

Publicados
















Com a pré-candidatura ao Governo alinhada junto a alguns partidos em Mato Grosso do Sul, o ex-secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel (PSDB), garante que o palanque dele nas eleições de outubro será para o presidente da República e pré-candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL).

A confirmação ocorre diante de um cenário de ‘divisão’, alicerçada em possíveis candidaturas a nível nacional de legendas que já declararam caminhar junto ao projeto do ex-secretário em MS, como o PDT com Ciro Gomes, PSB que deve confirmar Geraldo Alckmin vice na chapa de Lula e o próprio PSDB, que indicou João Dória nas prévias.

“Nosso palanque é centro direita, presidente Jair Bolsonaro”, disse na manhã desta quarta-feira em entrevista ao Dourados News, continuando em seguida, “hoje temos uma polarização do candidato Lula do PT e de Bolsonaro e seus aliados. Temos alguns pré-candidatos do chamado centro e esse ‘centrão’ está com Bolsonaro, que inclui o PP e Republicanos. Mas tem PSDB, MDB e União Brasil, que são partidos expressivos que ainda não se resolveram e não mostraram um projeto para o país. Nessa linha, a nossa candidatura está colocada como centro à direita”.

Leia Também:  Suspeito de diversos furtos em áreas rurais de Rio Brilhante e de Nova Alvorada do Sul é preso preventivamente

Riedel deu como certa a formação da majoritária ao lado da deputada federal e ex-ministra da Agricultura, Tereza Cristina, pré-candidata ao Senado e presidente regional do Progressistas, e do próprio PL, que filiou Bolsonaro recentemente.

“Temos uma aliança já estabelecida na majoritária com a pré-candidata Tereza Cristina”, disse, além de citar o apoio do Partido Liberal.

Apoio de prefeitos

Na noite desta segunda-feira (18), durante evento na sede do PSDB, na capital, Eduardo Riedel recebeu uma carta, que manifesta o apoio de 71 prefeitos de cidades do Mato Grosso do Sul à sua pré-candidatura.

Para ele, o movimento que foi estabelecido entre esses líderes demonstra trabalho assertivo no período que esteve a frente da Seinfra e consolida a proposta apartidária desenvolvida pelo Governo do Estado.

“Essa carta de apoio de 71 prefeitos, alguns inclusive com apoio a pré-candidaturas no Estado, acredito que vem da consequência natural de um trabalho, junto aos municípios. Criamos condição de investimento, aplicamos isso, no entendimento que o Estado não é nada além do que a união dos municípios. Não houve discussão partidária ou de apoio político, houve discussão de projetos”, apontou.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MAIS LIDAS DA SEMANA