URGENTE

Oficial é afastado pelo governador, mas portaria ainda não foi publicada

'Violência extrema e conduta empregada na ação policial são inadmissíveis'