URGENTE

Pertubação do Sossego Alheio

Latido de cachorro faz mulher procurar delegacia de Rio Brilhante para registrar boletim de ocorrência de perturbação de sossego

A denunciante disse que já procurou a mulher de 40 anos para conversar diversas vezes amigavelmente mas não houve acordo, por isso ela compareceu na delegacia para registrar a ocorrência disse também que deseja representar criminalmente em desfavor a sua vizinha.

Publicados
















FOTO / Arquivo Site Rio Brilhante em Tempo Real

Uma mulher de 27 anos compareceu na manhã desta quinta-feira (01), de outubro para registrar um boletim de ocorrência, segundo a vítima ela mora na rua Emílio Foroni no bairro Benedito Rondon e que ao lado da sua casa mora uma mulher de 40 anos, que compareceu junto com ela na delegacia.

A mulher de 27 anos disse que sua vizinha possui um cachorro e que o animal late o dia inteiro, segundo ela contou, disse que subiu em cima do muro e verificou que a maioria das vezes o cachorro está amarrado, relatou ainda que o fato está ocorrendo todos os dias aproximadamente 3 meses, a mulher disse também em boletim de ocorrência que o seu esposo chega cansado no serviço e não consegue dormir devido ao constante latido do cachorro.

A denunciante disse que já procurou a mulher de 40 anos para conversar diversas vezes amigavelmente mas não houve acordo, por isso ela compareceu na delegacia para registrar a ocorrência disse também que deseja representar criminalmente em desfavor a sua vizinha.

Leia Também:  RIO BRILHANTE: 6 pessoas são beneficiadas com doação de órgãos de jovem

A escrivã de Polícia Civil também ouviu a mulher de 40 anos, dona do cachorro por sua vez ela disse que a mulher de 27 anos está lhe perturbando todos os dias, dizendo que o seu cachorro late o dia todo e que na verdade, isto não ocorre, ela relatou que não possui mais privacidade visto que o marido da denunciante sobe no muro da casa dela e fica cuidando todo movimento da casa, disse também que o cachorro não fica preso e sempre está dentro da casa.

A mulher de 40 anos informou que a mulher de 27,  vizinha lhe envia mensagem insistentemente dizendo que o seu marido precisa descansar e do cachorro está latindo, ela informou que já também não agüenta mais a situação, disse que também deseja representar criminalmente em desfavor da vizinha de 27 anos.

O caso foi registrado na delegacia  como perturbação da tranqüilidade.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MAIS LIDAS DA SEMANA