URGENTE

Presidente Bolsonaro “cola” em Riedel durante evento em Campo Grande

O tucano foi único convidado para acompanhar Bolsonaro em carreata.

Publicados
















O presidente Jair Bolsonaro (PL) não verbaliza, mas desde a chegada em Campo Grande, nesta manhã, deixou claro o apoio ao pré-candidato ao governo estadual, Eduardo Riedel (PSDB). O tucano foi o único a ser convidado pelo presidente para acompanhá-lo em carreata até o local de inauguração de 300 apartamentos populares, no Jardim Canguru. Nem apoiadores próximos seguiram no veículo junto a Bolsonaro.

Ao eleitor, o gesto não deixou dúvidas do interesse do presidente na candidatura de Riedel, ex-secretário de Infraestrutura do governo Reinaldo Azambuja (PSDB). No contato com o público, um apoiador que esperava em frente à Base Aérea de Campo Grande perguntou a Bolsonaro quem ele apoiaria para o governo aqui no Estado, se Riedel (PSDB) ou o deputado estadual Renan Contar (PRTB), grande defensor do presidente.

Bolsonaro não respondeu, mas Riedel tomou a frente com outra pergunta: “Quem está aqui com ele?”.

O presidente também fez questão de posar para fotos e gravar vídeos ao lado de Eduardo Riedel e da ex-ministra da Agricultura, Tereza Cristina (PP), que concorrerá ao Senado Federal.

Leia Também:  Roberto Tostes, palestrante e treinador comportamental há mais de 14 anos

Na recepção, logo após o desembarque, também estavam na Base Aérea a prefeita Adriane Lopes (Patriota), que participa de agenda oficial, além do deputado federal Loester Trutis (PL) e o deputado Renan Contar.

Nesta semana, nas redes sociais, Contar organizou até motociata com a participação do presidente. Este evento não faz parte da agenda oficial, que inclui a entrega de imóveis no Residencial Canguru.

Durante coletiva de imprensa, no ato de entrega, Bolsonaro agradeceu os deputados federais Luiz Ovando (PP) e Loester Trutis (PSL) e acenou aos dois pré-candidatos, sem citar nomes, por se tratar de evento relacionado a habitação.

“Agradeço também aqui, dois pré-candidatos ao governo do Estado. Não vou citar nomes, mas agradeço aos dois. Se tiver mais, eu prometo, por ocasião das eleições, voltar aqui a nossa Campo Grande para fazer campanha. O momento é outro agora, é uma ação, um ato oficial de entrega.”

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MAIS LIDAS DA SEMANA